B*TCH, PLEASE! Como Usar a Palavra “Bitch” Corretamente

bitch please 2Vamos esquecer sobre as aplicações formais do Inglês por um dia e dar um passeio no lado selvagem dos palavrões. 

Hoje vamos falar sobre a palavra BITCH , que aparece em vários lugares do mundo dentro do idioma Inglês e todas suas formas de utilização. Sua utilização não é tão simples como se  pensa.  

Read in English | Lea en español | RLE Community 

*Consulte nossa declaração em como usar palavrões responsavelmente na parte inferior. Também, Como usar palavrões em inglês

BITCH. É uma palavra poderosa, que pode ser usada como substantivo, verbo ou adjetivo e que é quase universalmente mal compreendida pelos falantes não nativos de Inglês. Pode ser brincalhona, sexual ou violenta. Pode ser ofensiva, neutra e até mesmo para mencionar sobre mulheres feministas. Mas em 99% dos casos, BITCH não pode ser traduzida como PUTA. Wikipedia diz:

A palavra “bitch”, que significa literalmente uma cadela, é uma gíria comum no idioma Inglês, especialmente usada para se  denegrir uma pessoa, normalmente uma mulher. Muitas vezes se refere a alguém que é beligerante, irracional, grosseiramente intrusivo ou agressivo. (Ver continuação deste em “História de Bitch” abaixo) 

Free Report: The Top 5 Resources For Learning English Online For Free

Vamos lá. Aqui podemos ver como se usa BITCH:

“Bitch” quase nunca significa “Puta”:

• Na verdade, a tradução de “Son of a bitch” (Filho da puta) é enganosa e não representa a forma como os  nativos do Inglês usam a palavra “bitch” em outras situações. Mesmo em “son of a bitch”, eu arriscaria dizer que a expressão não me faz pensar em mãe ou uma mulher da mesma forma que “puta” em “Filho da puta”. O sentido do significado é mais como “sem vergonha” em Português. E a propósito, “puta” em inglês significa “prostitute”, “whore,” “hooker” or “hoe” in English.

• A única exceção a isso ocorre é nas músicas americanas de rap gangster, em que usa-se a palavra “puta” de uma forma muito mais depreciativa (prostituta), frequentemente se referindo às mulheres como “cadelas e vagabundas” (vagabundas como meio prostitutas). Leia mais sobre isso abaixo.

Bitch literalmente significa “cadela”. Não há muito o que se  explicar aqui. É bastante literal e este é provavelmente, é o uso não só coloquial da palavra.

Chamando uma mulher de “bitch” (3 significados diferentes):

  • Uma Mulher Chata/ Desagradável: Definitivamente não é educado chamar uma mulher de “bitch”, mas na maioria dos casos, não é tão ruim quanto chamá-la de prostituta. Se traduz em algo como “Mulher Chata”. Por exemplo.: (a) He didn’t leave a tip at the restaurant because he said that his waitress WAS A BITCH. (b) I don’t know what’s wrong with her. She’s BEING A BITCH. Nota: “She is a bitch” (permanente) é muito mais ofensivo do que dizer She is being a bitch” (estado temporário). Ao mesmo tempo, chamar uma mulher de “bitch” nunca é bom, por isso tenha muito cuidado com suas palavras.
  • Unified-Bitch-Theory1Uma prostituta: Na música Rap parece ser o único contexto em que “bitch” significa prostituta. O uso de “bitch” na música Rap é uma questão polêmica e complicada que eu não vou mesmo tentar explorar agora, mas na minha opinião, a música rap (americana) em geral, demonstra um tratamento totalmente inadequado quanto às mulheres que ninguém deve imitar. Veja a “unified bitch theory”, sugerido por rappers famosos, Dr. Dre e Dogg.
  •  Uma mulher feminista: Uma definição de feminista emergente que está se tornando cada vez mais comum hoje em dia: “Em um contexto feminista, pode indicar uma mulher forte ou assertiva, aquela que pode fazer os homens se sentirem ameaçados.”  (Wikipedia)

Confira esta música popular de Meredith Brooks, “Bitch ” o que ilustra exatamente isso.

Chamando um home de “bitch”

É muitas vezes lúdico, mas pode ser um pouquinho ofensivo (os homens brincam muito com bons amigos), mas geralmente os homens usam para brincar. Significa que o homem é submisso, ou que faz tudo para outra pessoa e já comprometeu sua dignidade. Muitas vezes é usado com como adjetivo. Por exemplo, I do everything for my boss. My friends at work tell me that I’M HIS BITCH. Às vezes as pessoas dizem “He is being a little bitch” para comunicar que ele esta sendo extremamente desagradável, ou que não é fácil de se lhe dar.

Como adjectivo: “Bitchy” (chato/a)

Você pode chamar um homem ou uma mulher de bitchy (com significados diferentes, conforme descrito nos itens 3 e 4), mas a palavra “bitchy”(aplicado a homens e mulheres) tem o sentido de “chato”. Por exemplo: You’re being really bitchy today. Why can’t you be nicer to me?  Isso ainda não é uma linguagem muito educada e provavelmente seria ofensiva (um pouco mais forte do que chato/a).

Bitch como verbo/substantivo (reclamar)

Neste uso coloquial da palavra, “bitch” significa “reclamar”. Ele é frequentemente usado  com o “moan” (resmungar) o que representa alguém negativamente (ou você mesmo) que está reclamando muito. Este uso não é realmente muito ofensivo (dependendo do tom) e pode ser usado em situações informais. Por exemplo: I wish people would just stop BITCHING AND MOANING about corruption in politics and do something about it. Também “bitching” se usa muito como subtantivo: Quit your bitching about other people and work on yourself. 

Bitch someone out

Significa gritar com alguém de uma forma muito negativa por causa de algo que eles fizeram. Por exemplo: My boss BITCHED ME OUT for being 10 minutes late. Usar esta expressão não é especificamente ofensivo, mas a linguagem é muito coloquial e descreve uma situação negativa.

Bitchin’ como adjectivo

Isto significa que algo é bom, impressionante, legal, etc. Não confunda isso com bitchy (explicado acima). Por exemplo: The Real Life English party was BITCHIN’! Seguindo as regras da gramática isso seria “bitching”, mas dizemos “bitchin’” porque é bem comum tirar o “g” do final das palavras que terminam com “ing”. Esta é outra expressão coloquial que não é intrinsecamente negativa. .

Life’s a Bitch

É uma forma comum de se comunicar que a vida é complicada, não é fácil, etc. A expressão tem esse sentido de enfrentar as dificuldades, mas também reconhecendo sua natureza desagradável. Outros exemplos desse uso são: Calculus is a BITCH. Monday morning is a BITCH.

Bitch Please!

Esta expressão (ver figura abaixo) comunica que você não acredita no que a pessoa diz. Urban Dictionary define-a como se segue: Usado quando alguém /  faz um comentário estúpido, ou apenas como uma maneira divertida de dizer não. Esta é uma expressão coloquial comum que se originou nos guetos e que chegou a integrar a classe média da sociedade americana. As pessoas costumam usá-la coloquialmente de  forma lúdica (o título deste artigo), mas como o Urban Dictionary destaca,  por causa da origem de “Bitch please” entre os anéis do centro da cidade de prostituição, ela sempre tem uma conotação de violência.

Bitchslap

É “dar um tapa” em alguém com a parte de trás da sua mão,  a fim de acalmar a pessoa e de fazê-la ver as coisas claramente. Este é um outro uso de “puta” que se originou nas favelas e que foi popularizado pela música rap e pela cultura negra. As pessoas geralmente usam este termo de  forma lúdica.

To ride bitch in the car

É andar de carro estando sentado  no meio do banco de trás.

Será que o Shakespeare inventou “bitch?”

Uma breve história da palabra “bitch.” (da wikipedia)  

• “Filho de uma cadela” foi registrado pela primeira vez na Inglaterra em 1712, ‘puta’ (‘bicce “Inglês Antigo) tendo significado cadela desde antes do século 10, e uma mulher imoral a partir do século 15.
• A partir de 1780 “filho da puta”  era um dos insultos americanos mais ofensivos e comuns.
• Tem sido um termo “geral de abuso, datado pelo menos desde o tempo de Shakespeare”. Filho e herdeiro de uma cadela vira-lata .” Rei Lear, II, ii.
• Seu uso original como uma expressão vulgar, documentado no século XIV, sugere o grande desejo sexual por uma mulher, comparável a um cachorro no cio.(In cio)

Free Report: The Top 5 Resources For Learning English Online For Free

Este é o primeiro post da série “A Arte de falar palavrões em Inglês”. É um assunto delicado, mas precisa ser tratada, e alunos de Inglês devem ser educados quanto ao uso correto destas palavras (e contexto cultural).

Só para ficar claro, não estamos promovendo o uso irresponsável de palavrões. Muito pelo contrário, pensamos que, se você vai falar palavrões, você deve ter um alto grau de consciência quanto ao que você está se comunicando e do efeito que isso tem sobre as pessoas ao seu redor. Mesmo se você tiver uma compreensão intelectual de como falar palavrões, isso não lhe dá aprofunda consciência cultural de reação  que os nativos  têm. Eles cresceram em suas famílias aprendendo o que era apropriado ou não.

If you liked this article and want to practice English every day for free, join the RLE International Community.

Este Texto Foi Escrito e traduzido por Justin Murray | Editado por Danielle Rioga