7 Dicas para melhorar consideravelmente sua pronúncia em inglês

Você tem dificuldade em pronunciar certos sons em inglês? Você acredita que é quase impossível melhorar seu sotaque? Bem, estou aqui para dizer que você pode melhorar consideravelmente sua pronúncia em pouco tempo. Será preciso uma mente aberta, um esforço constante e experimentos constantes com novas estratégias. Porém não é tão difícil como você talvez ache. Você só tem que querer fazê-lo.

Read in English | Lea en español

 Esse é um acompanhamento para “Como Reduzir Seu Sotaque em Inglês,” que trata de algumas atitudes que impedem as pessoas de melhorar sua pronúncia. Outro artigo extremamente útil que nós escrevemos é “Top 5 de Erros de Pronúncia Feitos Por Brasileiros” (que cobre os sons: ED, TH, EE e o final das palavras, CH/SH/T e H/R).

Esse tem sido um tópico de muito destaque na Real Life English International Community, e nosso objetivo é oferecer a você apoio constante na área de pronúncia.

1. Abra os seus olhos: canais de pronúncia do youtube

Há vários canais no youtube úteis e muito bem feitos que focam na pronúncia. “Como Reduzir Seu Sotaque Em Inglês” focou em “Rachel’s English,” que é uma série de vídeos gratuitos que ensinam a fonética e a pronúncia correta de Inglês. Outros canais de pronúncia no youtube  estão listados abaixo…

Aqui segue um programa que permite que você faça o download e converta vídeos do youtube para o formato de áudio MP3, para que você possa ouvir no seu carro ou no ônibus. É recomendado que você ouça os mesmos sons todos os dias até que se sinta confortável com eles.

3 Vídeos Para Estudantes Brasileiros de Inglês

5 Canais do Youtube Que Ensinam a Pronúncia

2. Inglês para a vida: ouça podcasts todos os dias

Podcasts Que Ensinam Pronúncia: Semelhante ao Youtube canais de pronúncia, são bons podcasts que tratam de pronúncia. Podcasts são programas de áudio gratuitos para download que você pode ouvir no seu mp3 player. Aprenda mais sobre podcasts aqui. Eles são uma excelente opção porque você pode ouvir no seu carro, no ônibus ou enquanto estiver preso no transito, ou ainda quando for mais conveniente para você. Aqui estão dois sites recomendáveis para podcasts:

  • Pronúncia de Inglês Americano (Seattle Learning Academy), que tem mais de 150 episódios de podcast para download que ensinam grátis a pronúncia de Inglês Americano.

2 Podcasts sobre Pronúncia gratuitos feitos especialmente PARA BRASILEIROS

Podcasts para Nativos de Língua: Sejam podcasts ESL (Inglês como Segunda Língua) ou podcasts feitos para nativos de inglês, se expor regularmente para falantes nativos irá naturalmente condicionar seu cérebro a produzir os sons da língua de uma forma mais clara e suave. Aqui estão 3 diretórios muito extensos de podcast que poderão ajudá-lo a encontrar bons podcasts de nativos de língua Inglesa. Para saber mais sobre podcasts, leia “O que é um Podcast e Porque Você Deve Se Importar“.

Escute o Podcast de Real Life English

3. Entonação: concentre-se na música por trás das palabras

Preste você atenção ou não, o elemento musical de um idioma é essencial para a boa pronúncia. Você não precisa se tornar um músico ou ouvir mais música em Inglês (embora ambos ajudariam muito), mas você deve prestar atenção à entonação dos nativos. A entonação é o padrão melódico da linguagem.

Se você tivesse a cantarolar o idioma, qual som teria? Fazer dessa consciência, parte de seu processo de aprendizagem é importante. Dê uma olhada nesse vídeo do youtube de uma pessoa cantando em Inglês (a parte engraçada é que parece totalmente Inglês, mas eles não estão usando palavras).

A aplicação é mais uma estratégia que envolve a conscientização constante ao invés de uma rotina, mas é definitivamente algo para ser mantido em mente. Leia aqui como a música pode torna-lo fluente.

4. Prática: leia em voz alta todos os dias

Gostaria de reservar este aqui especificamente para aqueles que já têm um bom nível de pronúncia correta, porque ler sem a pronúncia correta, ou com um professor ajudando, estará apenas reforçando sua pronúncia ruim. O leitor deve ter alguma noção clara de como é e como se pronuncia corretamente as coisas.

Se o seu nível de pronúncia não foi estabilizado, eu não recomendo a leitura por mais de 10 ou 15 minutos, porque as pessoas tendem a perder a sua concentração, e voltam aos seus vícios (que nada mais é do que reforçá-los). Lembre-se, a pronúncia pode ser melhorada rapidamente com pequenas doses concentradas mesmo que seja apenas durante algumas vezes por semana. Aqui está um artigo útil sobre a leitura em voz alta (em inglês).

Uma maneira de contornar isso, no entanto, é ouvir um áudio book enquanto você lê o texto e repete em voz alta. Para uma maior eficiência, grave você mesma falando e compare com o audio book.

5. Auto-consciência: grave você falando em voz alta

Grave você mesmo lendo em voz alta com um gravador ou um computador. No início, vai ser muito difícil de escutar sua própria voz. Relaxe, você vai se acostumar rapidamente. Acho que a maioria das pessoas odeia sua voz, mesmo em sua língua nativa, por isso a combinação de sua voz e de ouvir a si mesmo falando uma língua estrangeira pela primeira vez será doloroso, mas é um passo necessário para o desenvolvimento do autoconhecimento e para que possa melhorar. Aqui está um artigo fantástico sobre como gravar você mesmo para melhorar sua pronúncia.

Você pode gravar você mesmo lendo o mesmo trecho de leitura todos os dias ou todas as semanas enquanto implementa essas técnicas. Como foi mencionado acima, gravar um nativo lendo o mesmo trecho (como um audiobook, podcast, ou um amigo falante nativo) poderia facilitar o seu processo. Aqui estão alguns sites recomendados que focam na pronúncia.

Ship ou Sheep é um site legal. A maioria dos Brasileiros tem dificuldades em separar live/ leave, sheep/ship, bitch/beach.  Esse web site tem uma tonelada de outros sons de vogais.

6. Imitação: encontrar modelos

Vou dividir esse aqui em duas categorias: (a) modelos para aprendizado de idioma, e (b) modelos para imitar. Ambos podem ajudá-lo a melhorar sua pronúncia, mas de formas diferentes.

MODELOS PARA APRENDIZADO DE IDIOMAS são pessoas em sua vida que falam bem e que trabalharam muito para chegar lá. Talvez seja um professor ou um amigo, mas são pessoas que aprenderam através de muito esforço e podem explicar o processo para você. Mesmo se eles não tiverem uma pronúncia perfeita, podem ajuda-lo a entender o processo e que é preciso para melhorar sua pronúncia. Pessoas com dom natural raramente caem nessas categorias a menos que estejam muito cientes do processo que ajuda a falar bem. Então elas normalmente dirão: “modelos de sotaque para serem imitados.”

MODELOS PARA SEREM IMITADOS são pessoas com sotaques que você quer imitar. Falantes nativos e pessoas que têm talento natural não entendem o processo que guia sua pronúncia (embora alguns entendam), mas são bons modelos a serem imitados. Enquanto você assiste TV e filmes, escolha alguém que tem o seu tipo de voz, estilo de comunicação e que, você gostaria de seguir. Se não souber, peça aos seus amigos que recomendem alguém. Você pode até memorizar algumas partes de filmes, imitando os atores.

7. Imitação reversa de sotaque

Essa é outra ideia que merece seu próprio post, mas vou postar o artigo resumido aqui. Conheci vários imitadores de línguas estrangeiras que juram que foi assim que aprenderam os idiomas. Aqui está um resumo básico do estudo / artigo de Laurence M. Hilton.

Os seres humanos possuem uma capacidade biológica inata de ouvir, diferenciar e imitar características fundamentais prosódicas e fonológicas do idioma (Rizzolatti, Fadiga, Gallese, e Fogassi, 1996; Skoyles, 1998). Meu objetivo é descrever um método de redução com base na imitação do sotaque estrangeiro desenvolvido a partir de minha própria experiência pessoal. Em primeiro lugar eu me apresento como um estudo de caso, detalhando como usar um método de imitação reversa de sotaque, rápido e consideravelmente minimizado do meu próprio sotaque L2. Então, irei compartilhar sugestões para a implementação da técnica em sala de aula ou clínica. Eu o apliquei com sucesso para pessoas de diversas línguas de origens ao longo de várias décadas de experiência clínica. (Leia o artigo completo)

A ideia, na essência, é imitar um falante nativo de um idioma que você esteja aprendendo, falando o seu idioma, e aplicando novamente ao idioma alvo. Essa é uma frase muito complicada, então me deixe dar alguns exemplos.

  1. Se você for um brasileiro aprendendo Inglês, você poderia imitar um falante nativo de Inglês que esta falando Português e aplicar a estrutura de sons de volta no Inglês. Parece uma piada, mas se você puder de maneira eficaz imitar um falante nativo de Inglês falando Português da forma mais exagerada, ele vai ativar esses sons em sua boca e permitir que você use-os em Inglês. Aqui está um vídeo com nativos no Inglês falando em Português
  1. No meu caso, eu sou Americano, então preciso consertar um exemplo de um Brasileiro falando Inglês com um sotaque bastante exagerado, aprender a imitá-lo e aplicar novamente no Português.

E isso funciona? Minha intuição me diz que sim. Isso se encaixa perfeitamente no que aprendi com “mestres” no aprendizado de idiomas.

CONCLUINDO, enquanto o título inclui “Pronúncia em Inglês,” a maioria dessas dicas e estratégias podem ser aplicadas para qualquer idioma. Curiosamente, como um falante nativo de Inglês, gostaria de destacar que os meus melhores insights e ensinamentos não vêm de um entendimento superior do idioma Inglês, mas sim dos meus próprios processos pessoais de aprendizagem de Espanhol e Português. Finalmente, eu gostaria de esclarecer que a minha própria pronúncia em Português está longe de ser perfeita, mas em todos os anos de ensino e aprendizagem de línguas, e observando os melhores alunos de idiomas, as respostas foram colocados na minha frente.

Assine abaixo para receber o nosso “newsletter” semanal, o que inclui dicas exclusivas de aprendizagem, atualizações sobre os eventos e acesso constante ao nosso arquivo vasto de artigos. E por fim, ficaríamos muito agradecidos se você pudesse falar com os seus amigos sobre o Real Life English blog, caso tenha gostado. Muito obrigado!